dezembro 14, 2016

Torna A Surriento!

Bom dia pessoas queridas!
Que tal a gente ver essas imagens lindas e "viajar" um pouco para a Itália e seus encantos.
Imaginar um limoncello bem geladinho pra refrescar.....Sentindo a brisa do mar, e ouvindo essa canção linda...Torna a Surriento.
Sorrento é uma comuna italiana da região da Campania, província de Nápoles.

Diz algumas lendas que Enéas, o grego, navegando por esses lados, ficou extasiado com a beleza e a calma da região de Nápoles, decidindo fundar uma nova pólis, Partênope, três séculos antes do surgimento da Roma Antiga.
As lendas dizem também que Partênope (que tem o rosto de uma menina) seria uma sereia que fugiu da Grécia para o golfo de Nápoles, para viver um grande amor, e assim proferia o seu canto de felicidade, dando origem assim à canção napolitana.

Ao longo dos séculos, o nome da cidade foi mudando para Palépolis (século II a.C.), depois Neápolis (século V a.C.), e depois virou Nápoles.
Torna a Surriento é uma famosa canção napolitana composta por Ernesto De Curtis e Giambattista de Curtis em 1902 sendo registrada oficialmente em 1905.
E essa canção fala de amor, e de toda essa beleza. Uma música que toca a nossa alma.
Que a gente possa então "viajar" pra trazer um pouco de tudo isso para as nossas vidas.

Um grande beijo pra todos vocês, e que hoje seja um dia lindo!

Beatriz Oberg.


















































































Volte a Sorrento

Veja o mar o quanto é belo
Inspira tanto sentimento
Como você, quem tem em mente
Acordado, o faz sonhar

Olha só esses jardins,
Sinta, sinta essas flores de laranja,
Um perfume assim delicado
Toca fundo o coração.

E você diz: "Eu parto, adeus!"
Se afasta deste coração.
Para a terra do amor,
Tem coragem de não voltar?

Mas não me deixe,
Não dê-me este tormento.
Volte a Sorrento!
Deixe-me viver!

Olha o mar de Sorrento
Que tesouros tem no fundo.
Quem girou por todo o mundo,
Nunca viu como os daqui!

Olhe em volta estas Sereias,
Que te olham encantadas
E te querem tanto bem.
Queriam te beijar.

E você diz: "Eu parto, adeus!"
Se afasta deste coração.
Para a terra do amor,
Tem coragem de não voltar?

Mas não me deixe,
Não dê-me este tormento.
Volte a Sorrento!
Deixe-me viver!

Volte a Sorrento!
Deixe-me viver!


imagens: pinterest, http://moradadevenus.blogspot.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoas queridas do blog!
É muito gostoso ver o comentário de vocês, fico feliz com todas as ideias, opiniões e sugestões.
Muito obrigada, todos são muito bem vindos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...