julho 06, 2016

Matrioskas!

Bom dia queridas pessoas!
Tudo bem com vocês?
Quem gosta das famosas bonequinhas russas, as matrioskas?
Não são uma graça?
Me lembro quando as minhas filhas eram pequenas e me pediam pra fazer uma boneca, na época não fiz as matrioskas, fiz umas bonequinhas simples mesmo, no tamanho de uns 20 cm, mas ficaram lindas, com cabelinho de lã preso dos lados, roupinhas de tecidos florais, com avental, bem campestres, e até hoje elas guardam essas bonequinhas de recordação.
Até outro dia a Thais me pediu para colocar um cabelinho novo na bonequinha dela, porque nosso cachorrinho na época "comeu" a lã. 
São pequenas coisas que a gente faz para os nossos filhos, futuramente nossos netos, e que tem um valor afetivo muito grande. São nos detalhes que a gente cria laços de amor para sempre.
Sobre as matrioskas existem algumas lendas sobre elas.


Matrioska, também conhecida como boneca russa, é um brinquedo tradicional da Rússia. Constitui-se de uma série de bonecas, feitas geralmente de madeira, colocadas umas dentro das outras, da maior (exterior) até a menor (a única que não é oca). A palavra provém do diminutivo do nome próprio Matriona.

O número de figuras que se conseguem encaixar é, geralmente, de 6 ou 7, ainda que existam algumas com um número impressionante de peças. A sua forma é simples, mais ou menos cilíndrica e arredondada e mais estreita na parte superior, onde se situa a cabeça das bonecas. Não têm mãos (a não ser as que são pintadas na sua superfície. A sofisticação das matrioskas reside, de fato, na complexidade dos motivos pintados. 

Na Sérvia, a versão feminina é designada como babuska.
Conta-se que Sergei Maliutin, um pintor artesanal de Abramtsevo, viu uma série de bonecos de madeira representando os Shichi-fuku-jin, os Sete Deuses da Fortuna, encaixados de forma semelhante às bonecas atuais, por isso também a possibilidade dessas bonequinhas terem sua origem no Japão, e assim adaptadas nos aspectos da matrioska na Rússia.

O vídeo mostra como fazer uma bonequinha de feltro, o que possibilita ser costurada à mão.
E a artesã Vanessa fez com as cores dos chacras, do vermelho até o violeta, mostrando na diferença do tamanho das bonecas o crescimento espiritual, sendo a maior bonequinha, representada na cor violeta, a grande abertura do sétimo chacra, o coronário, ou  em sânscrito : Sahasrara, que significa "mil vezes maior" ou "mil petal lotus".
Fica a dica para fazermos para as crianças.
Eu amei!

Que o dia de todos vocês seja maravilhoso!
Beijos,

Beatriz Oberg.






















































Imagens: Pinterest

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá pessoas queridas do blog!
É muito gostoso ver o comentário de vocês, fico feliz com todas as ideias, opiniões e sugestões.
Muito obrigada, todos são muito bem vindos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover