junho 01, 2016

Fada Madrinha!


"Vou lhe contar um segredo que ajudará você a passar por todas as provações que a vida apresentar:
Tenha coragem e seja gentil."
(Mãe de Cinderela)

♥ ♥ ♥


Bom dia queridas pessoas!
Como é gostoso para a nossa alma um pouco de magia, de encantos com final feliz!
A nossa vida e a vida das crianças está precisando disso também, de resgatarmos um pouco dos contos cheios de fantasias, dos sonhos infantis, da inocência, da alegria de acreditar e ter esperanças, os verdadeiros contos de fadas!

Meu pai, quando eu e minhas irmãs e irmão éramos crianças, ele sempre falava para lermos os livros que ele ainda guardava, da época de infância e mocidade dele, e assim eu li Contos dos Irmãos Grimm, a Coletânea inteira de Tarzan, Pimpinela Escarlate, Rei Arthur, etc...

Nossas crianças com toda a tecnologia do mundo virtual quase não tem mais inspirações para brincar no jardim, tomar um sol, por as mãozinhas na terra, nas plantas, e isso é tão essencial para a saúde física e emocional delas.
Até mesmo ler bons livros, não só os clássicos, mas os atuais também.



Charles Perrault (Paris, 12 de janeiro de 1628 – Paris, 16 de maio de 1703) foi um escritor e poeta francês do século XVII, que estabeleceu as bases para um novo gênero literário, o conto de fadas, além de ter sido o primeiro a dar acabamento literário a esse tipo de literatura, o que lhe conferiu o título de "Pai da Literatura Infantil".
As suas histórias mais conhecidas são Le Petit Chaperon rouge (Chapeuzinho Vermelho), La Belle au bois dormant (A Bela Adormecida), Le Maître chat ou le Chat botté (O Gato de Botas), Cendrillon ou la petite pantoufle de verre(Cinderella), La Barbe bleue (Barba Azul) e Le Petit Poucet (O Pequeno Polegar).
Contemporâneo de Jean de La Fontaine, Perrault também foi advogado e exerceu algumas atividades como superintendente do Rei Luís XIV de França. A maioria de suas histórias ainda hoje são editadas, traduzidas e distribuídas em diversos meios de comunicação, e adaptadas para várias formas de expressões, como o teatro, o cinema e a televisão, tanto em formato de animação como de ação viva.


Em 1695, aos 67 anos, já idoso, resolveu registrar as histórias que ouvia de sua mãe nos salões parisienses. O livro, publicado em 11 de janeiro de 1697, quando contava quase 69 anos, recebeu o nome de Histórias ou contos do tempo passado com moralidades, mas também era chamado de "Contos da Velha" e "Contos da Cegonha", ficando, afinal, conhecido como "Contos da Mamãe Gansa". A publicação rompeu os limites literários da época e alcançou públicos de todos os cantos do planeta, além de marcar um novo gênero da literatura, o conto de fadas. Ao fazer isto, tornou-se o primeiro a dar um fim literário a estes tipos de histórias, antes apenas contadas entre as damas dos salões parisienses...
As morais vinham em forma de poesia, que encerravam cada história.


















































































E Ella continuou a ver o mundo não como ele é, mas como poderia ser, apenas acreditando em coragem e gentileza.
E de vez em quando em um pouquinho de magia!

♥ ♥ ♥




Um dia maravilhoso pra todos vocês!
Com toda magia da beleza, bondade e amor no coração.
Que essa linda canção inglesa, datada do século XVII, cantada para bebês possa trazer a magia da flor da lavanda pra ninar o nosso coração, um dos papéis aromáticos dessa encantadora flor, que limpa todas as emoções ruins trazendo tranquilidade e paz.

Beijos,

Beatriz Oberg.








Imagens: Pinterest


8 comentários:

  1. Que post lindo! Muito bom gosto. As miniaturas, então, nem se fala. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Adorei tudo muito lindo gostaria de aprender fazer essas casinhas

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso!!! Quanta sensibilidade e coisas lindas...amei tudo!!

    ResponderExcluir
  4. Ótima postagem! Amei todas as fotos!

    ResponderExcluir
  5. Onde posso encomendar uma escultura de fada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caique, o post é só uma inspiração pra quem gosta de fazer, de criar neste universo das fadinhas, a nossa loja trabalha com molduras provençais de gesso, portanto vou ficar te devendo uma indicação, acredito que se você procurar no Elo7, deve ter algumas pessoas que fazem. Se eu souber, eu posto aqui pra vocês, Ok?
      Abraço pra ti!
      Beatriz Oberg.

      Excluir
  6. Simplesmente tudo lindooooooo...

    ResponderExcluir
  7. obrigada., adorei, me ajudou com novas ideias.

    ResponderExcluir

Olá pessoas queridas do blog!
É muito gostoso ver o comentário de vocês, fico feliz com todas as ideias, opiniões e sugestões.
Muito obrigada, todos são muito bem vindos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...